Eneaotil

Sinceridade infantil fode

Dia desses, na festa junina da escola do Lucas, encontrei uma amiga do ex-namorado e começamos a conversar. Ela dá aula para o pré no mesmo colégio, mas quase nunca nos vemos.

– E bliblibli e blábláblá…

– Patati e patatá!

Até que resolvi perguntar se ela já sabia que tínhamos terminado o namoro:

– Já sim. Quer dizer, o Daniel me disse que vocês estavam em crise, mas aí, conversando com a professora do Lucas, eu fiquei sabendo que vocês tinham terminado.

– Como assim “conversando com a professora do Lucas”?

– Parece que o Lucas contou para ela e ela me contou.

Gente, a minha privacidade era mato e o burro comeu.

**

Essa história me lembrou uma outra, do tempo em que eu trabalhava em uma ONG no centro da cidade (sim, eu já sofro com isso faz tempo). Nessa época eu era uma adolescente e, junto com um exército uma equipe, cuidava de 250 crianças de 0 a 6 anos. Uma delas, bem pequenininha, acho que com uns 2 anos e meio, chegou um dia para mim e disse:

– Tia Lelê, essa noite a mamãe chupou o pipi do papai igual pirulito.

Que que você diz em uma hora dessas?

a-) Legal…

b-) Pirulito sabor amendoim?

c-) E aí? O que aconteceu depois?

d-) Faça um desenho sobre isso.

Acho que respondi a opção A, nem me lembro. Só sei que quando a mãe da criança chegou para pegá-la na escola e veio me cumprimentar com um beijinho no rosto, eu imediatamente abaixei para amarrar o cadarço.

12 comentários em “Sinceridade infantil fode

  1. O Imperador
    7 julho, 2008

    Hahahahahahahaha, mas a menina disse se a mãe mordeu pra chegar logo no recheio do pirulito? =P

    E pô, ler sobre a escola do Lucas me lembra a professora dele… /love
    =P

  2. FaBríCiO-Z/S
    7 julho, 2008

    O seguro morreu de velho…

  3. Rodrigo
    7 julho, 2008

    Do caraio!!!!!

  4. mau
    7 julho, 2008

    eu conheço uma história péssima sobre pirulitos e tals, mas eu só conto pessoalmente, não no blog.

  5. juli
    7 julho, 2008

    molto di qui parla il tuo bambino jamais chegará a seus ouvidos, cara mamma mia!
    saudadona, amore!

  6. Júnior (O Bernardes)
    8 julho, 2008

    Se vc não tivesse abaixado, poderia pedir adicional de insalubridade à ONG!
    Putz… Essa foi, literalmente, foda!

  7. Bruno Mazzotti
    8 julho, 2008

    Ahahahahahahahahahahahahahahahahahaha!

    É por isso que eu digo que a maldade está nos olhos de quem vê.

  8. Ira
    8 julho, 2008

    Aí vou de advogada do Lucas.
    E a privacidade dele com a tag Lucas sendo a maior ali do lado do blog?
    ahahahahahahaha

    Aproveito e respondo com as palavras dele:
    – Vovó manda no titio e na mamãe. Mamãe manda em mim.

  9. sharon
    8 julho, 2008

    Tudo bem que você estava de sapatilha, né? Mas e daí?
    :-)
    hahahaha!

    Me divirto muito com seus posts!

  10. Mila
    9 julho, 2008

    É, criança não sabe lidar muito bem ainda com o mundo dos adultos, não conhece a praga da moral, assuntos-que-não-devemos-falar.

    Mas também acho que tudo que a criança ainda não entende bem ela procura que alguém signifique pra ela. Se não me engano (pelo menos foi o que li), seu filho tá no primeiro ano do fundamental né? Então, tá aprendendo abstrair.

  11. venenoso
    13 julho, 2008

    ai..]abafa!!!

  12. Carol
    28 julho, 2008

    Gênio!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 7 julho, 2008 por em Sem categoria e marcado , .
%d blogueiros gostam disto: