Eneaotil

Gratidão filial

Quando minha mãe viaja, sou eu quem pilota o fogão lá em casa. Cá para nós, eu herdei a mão da família Martin para a culinária e cozinho bem. Não tão bem quanto minha mãe, que cozinha maravilhosamente bem, mas não tão bem quanto minha avó cozinhava, que cozinhava não tão bem quanto minha bisavó cozinhava e por aí vai. Mas isso não significa que a minha comida não seja de lamber os beiços.

Já a família Macedo não tem muita tradição na cozinha. Meu pai sabe fazer um arroz não tão empapado quanto o que a minha avó fazia, que não era tão empapado quanto o que a minha bisavó fazia e por aí vai.

Enfim, a minha mãe foi viajar. Teve que ir às pressas para o interior de São Paulo, cuidar do meu tio que não anda muito bem de saúde. E sobrou lavar a roupa, arrumar a casa, acordar meu pai, me acordar e cozinhar, entre outras coisas.

Então hoje, às 7h15 da manhã, lá estava eu preparando um filé de frango a parmegiana, um arroz e batatas antes de ir para o trabalho. Fiz o molho com tomate de verdade, cortei os filés com destreza e temperei-os com tempero caseiro que eu mesma fiz. Ralei mussarela para colocar em cima dos filés. Preparei um arroz soltinho como nunca. Piquei as batatas em palitos milimetricamente calculados e iguais. Ou seja, botei pra foder no almoço.

Quando estava tudo prontinho, fumegando nas panelas, o Lucas, que brincava na sala, perguntou:

– Mãe, está sentindo esse cheiro?

Eu dei um sorriso largo e imaginei ele correndo em minha direção, me abraçando e me rodopiando na cozinha enquanto gritava que me amava e que eu era a melhor mãe que ele podia ter. Depois imaginei a Ana Maria Braga me convidando para ensinar a receita do meu almoço incrível na televisão e a produção do Globo Repórter invadindo a minha casa e me entrevistando para o especial: “Como é difícil a vida de uma jovem linda, chique e elegante mãe que trabalha fora e ainda consegue preparar o melhor almoço do País”. E me vi na capa daquelas revistas de pais e filhos sob a manchete A MÃE DO ANO!

– Que cheiro, filhinho? hihihihihihi – e eu já abri os braços esperando o abraço mais apertado do mundo.

– Esse bruta cheiro de feijão queimado! Quem será que vai comer essa porcaria?

23 comentários em “Gratidão filial

  1. Tatty
    9 março, 2009

    Hahaha.
    panelas no fogo + “sonhos”, não dão muito certo, mas fazem parte da vida de toda mulher.

    e quem nunca se imaginou no programa da Ana Maria enquanto cozinhava, que atire o primeira colher de pau… haha

  2. WandeK.o
    9 março, 2009

    HAHAHAHAH!
    Essa não deu pra nao rir!

  3. Franz
    9 março, 2009

    Hahahahahahaha… Não tenho mais nada a dizer, só hahahahahahahaha…

  4. mulherpolvo
    9 março, 2009

    KKK.. Muito bacana este seu Lucas. Eu tenho duas meninas (6 e 8) e me divirto muito…
    Amo seu blog, vira e mexe eu to aqui! Ah!! Adorei as fotos, e te mandei um presente…

  5. nat
    9 março, 2009

    LOL

    Compartilhe receitas da família Martin!

  6. charlinho
    9 março, 2009

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk….
    sem comentarios……

  7. Cidão!
    9 março, 2009

    Queria de novo esse equilibrio perfeito entre realismo e ilusão que a gente perde quando cresce! Hahahaha… bjos

  8. Tali Godoy
    9 março, 2009

    O melhor de tudo isso é imaginar a carinha do Lucas quando sentiu o cheiro do feijão queimado… hehehehehehe… MUITO BOM…rsrs

  9. dona Rose, a mãe em questão
    9 março, 2009

    Gente!!!!só uma correçãozinha minima….nós somos a familia Martin, mas quem cozinhava bem era a familia Pereira…q tem o gene do tempero, do capricho e do gosto pela culinária…Cá entre nós, somos Martin, mas herdamos dos Pereira o grande gosto pela cozinha e pelos temperos.
    Qto ao feijão queimado: prestem atenção…ela não estava cozinhando feijão…este cheiro insuportável vem da casa(apto) de baixo, onde um bando de ~sãopaulinos queimam feijão todos os dias…

  10. bruninhadidario
    9 março, 2009

    Mas o melhor foi o comentário da Dona Rose!!
    hahahahahaha

  11. venenoso
    10 março, 2009

    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk
    huahuahuahuahuhau

  12. Alex
    10 março, 2009

    Hahahaha, quanta injustiça.
    Nessas horas é que é a pergunta que não quer calar vem à tona: pra que servem os vizinhos?

  13. Júlio César
    10 março, 2009

    “este cheiro insuportável vem da casa(apto) de baixo, onde um bando de ~sãopaulinos queimam feijão todos os dias…”

    Dona Rose, são paulino não queima feijão. São paulino queima rosca… *tumdumpsh*

  14. Dani-L
    10 março, 2009

    As mães sempre defendendo os filhos….hauhauhauahuahuah
    Muito Boa, Julio!!!!! rs

  15. dona Rose, a mãe em questão
    10 março, 2009

    Julio Cesar: no caso, estes são paulinos queimam Tambem feijão…e todas as noites…

  16. Tali Godoy
    10 março, 2009

    “TAMBÉM” feijão é fogo…hahahahaha

  17. anarina
    11 março, 2009

    Ver Júlio e Dona Rose conversando pessoalmente. Taí um motivo pra eu voltar pro Brasil.

  18. papis
    11 março, 2009

    Minha filha mais um motivo de orgulho do seu pai. Entre tantos predicados luta kung fu, pratica box chinês, cozinha divinamente e não tem medo de quebrar a cara em um prato novo sofisticado. Tem sangue de chef, vai pilotar fogão assim num chiquerrimo restaurante de hotel em São Paulo.

  19. remo
    11 março, 2009

    (RISOS)

  20. Tali Godoy
    11 março, 2009

    Pai é pai, né Lele…rsrs

  21. Annie
    13 março, 2009

    HAAAAAAAAHAHAHAHA
    Gente esse menino é demaisssssss
    bjs

  22. Roberta
    14 março, 2009

    os filhos sempre botam pra foder… rsrsrsrsr Mateus vive me quebrando, e tem 2(DOIS) anos!!! rsrsrs
    boa viagem! bjobjo

  23. @donalilian
    18 março, 2009

    HAHAHAHAHAHAH

    Minha mãe viajou, e eu que cozinho mega bem não tive inspiração pra nada além de macarrão. Morar sozinha deve ser um saco.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 9 março, 2009 por em Sem categoria e marcado .
%d blogueiros gostam disto: