Eneaotil

Capítulo 16 – Com quem será?

Eu disse aqui que de agosto a dezembro o Lucas teve cerca de 10 namoradas, então vou tentar escrever alguns episódios dos quais me lembro.

Nicole

Desde o primeiro dia de aula, a Nicole gosta do Lucas. Foi de graça, sem motivo, ela olhou para aqueles olhos grandes, esverdeados, e catapimba! O pobre coraçãozinho da Nicole bateu mais forte. Pobre, porque o Lucas – e talvez toda a humanidade – tem um perfil boboca de admirar quem é popular, quem é o melhor nos esportes, quem desafia a inspetora de aluno. E a Nicole não é bem assim. Ela tem um cabelão encaracolado até a bunda, ela usa roupas modernas, ela joga bola com os meninos na hora da saída. Ou seja, ela faria um tremendo sucesso se tivesse 26 anos e andasse com os meus amigos. Mas ela tem só 8.

Um dia, ela ficou sabendo que eu era a mãe do Lucas e nesse mesmo dia ela passou a me cumprimentar como se eu fosse a melhor amiga dela de infância. Mas isso não fez com que o Lucas olhasse para ela diferente porque o ditado não é: “Adoça a boca da minha mãe que você adoça a minha boca”.

Até que, em um belo dia, fui buscá-lo na escola e ele me disse que estava namorando a Nicole. Eu acho que só sorri, mas pode ser que eu tenha dado gritinhos e um soco no ar como se tivesse marcado um gol. E já alerto que isso é um péssimo negócio porque filhos parecem que sentem repulsa pela “nora que a mamãe sempre sonhou”. Se você quer que o seu filho fique com determinada pessoa, não demonstre que gosta dela a princípio, até ele se apaixonar perdidamente.

– Mas é puro fingimento, mãe. Eu disse que namoro a Nicole pra ver se ela pára de me encher o saco e pára de dizer que gosta de mim.

Tem quem concorde com o Lucas: bastou entrar em um relacionamento e passar a conviver para tudo degringolar e a gente parar de dizer que gosta do namorado. Mas na parte do “pra ver ver se ela pára de me encher o saco”, ele se enganou redondamente. Ninguém enche mais o saco do que um/uma namorado/a.

Era um plano ardiloso e meu coração ficou em cacos. Como ele podia ser tão canalha com alguém? Testosterona?

– Lucas!!! Amanhã mesmo você vai terminar com a Nicole. Você não pode fazer isso com alguém, filho! Você não pode fingir que gosta de alguém e alimentar esperanças. E o que ela sente por você?

Se ele falasse palavrão ele diria foda-se, mas não foi assim que eu o ensinei. Há de se respeitar – e mais! há de se admirar e valorizar e… – o que as pessoas sentem de bom pela gente.

– Tá bom, mãe. Amanhã eu falo com ela.

Mas no dia seguinte ele não teve coragem. Pensou que era pior que ela ficasse sem ele, acho. Só que nunca é. Até que um belo dia ela deve ter enchido o saco do Lucas e ficou mais fácil para ele terminar com ela.

**

Meses depois rolou um passeio na escola, para um acampamento. Eles passariam só o dia em Mairiporã e voltariam no fim da tarde. No dia anterior ao passeio fui buscar o Lucas e, na porta da escola, ele me avisou:

– Decidi: amanhã vou sentar no ônibus ao lado da Nicole…

Ela ouviu e abriu um super sorriso, de orelha a orelha.

– …Porque não sobrou ninguém pra sentar do meu lado!

– LUCAS!!!

**

Mas aí, naquele trânsito de São Paulo, naquela ida monótona para Mairiporã, naquela falta do que fazer, ele percebeu que a Nicole era divertida. E que ela tinha um bom papo e que ela falava sobre os desenhos que ele gostava. E que ela era corinthiana! E que tinham coisas em comum. E ele voltou do passeio namorando a Nicole e agora era de verdade.

Foram algumas semanas de namoro, mas um dia a Nicole ficou doente e passou um tempo afastada, longe da escola. Isso foi fatal para o relacionamento porque o que o Lucas sentia por ela não era assim tão avassalador. Nada que não pudesse ser trocado por um cruzamento de olhares no bebedouro com uma menina da 5ª série. QUINTA SÉRIE!

– Mãe, vou namorar uma mulher mais velha agora.

– O que aconteceu com a Nicole, Lucas?

– Não sei! Tá doente! Tá faltando há vários dias!

– Lucas, você não pode namorar uma menina namorando outra. Definitivamente, não pode!

– Por que?

– Porque senão te coloco de castigo!

Se eu falasse todo aquele blá blá blá de que é antiético, de que não pode magoar o sentimento alheio, de que a roda da fortuna gira e um dia quem vai estar fodido é ele, talvez isso não desse tanto resultado quanto um castigo. Eu já desejei que as mães dos meus namorados colocassem seus filhos ainda crianças de castigo, ao menor sinal de uma canalhice. No dia seguinte, a Nicole terminou com ele. Porque deve ter trocado sorrisos entre amoxicilina e novalgina no PS com outro doentinho.

**

Sofia 2

Então um dia ele voltou pra casa namorando a Sofia 2. Alegre, barrigudinha, orelhudinha, mas mais popular do que a Nicole. E, em outro dia, ele estava puto, espumando na porta da escola.

– AH, MÃE! A SOFIA É UMA CHATA! UMA CHA-TA!

– Lucas, ela está do seu lado. Respeite a sua amiga.

– AH, ESSA CHATA ROUBOU O DESENHO QUE O ANDRÉ FEZ PRA MIM E EU TERMINEI COM ELA! NÃO AGUENTO MAIS ELA!

Ele estava realmente bravo e fui descendo a rua com ele.

– É por isso que você só pode começar um namoro com alguém que gosta MUITO! Porque aí não vai ser qualquer motivo besta que vai fazer você terminar com ela.

– Mas, mãe, no começo eu gostava muito da Sofia.

– No começo??? Lucas, hoje é quarta! Você começou namorar na segunda! Ainda tá no começo.

– Então, na segunda eu gostava dela!

**

Rebecca e Sofia 1

Não, o Lucas não retomou o namoro com nenhuma das duas, mas aconteceu uma coisa que me mostrou como você sempre deve dar valor apenas pra quem gosta de você – e como você deve sempre tratar bem as mulheres!

Foi chegando a época do Natal e um menino da escola ganhou o apelido de Papai Noel porque é barrigudo. E, naturalmente, ele não curtiu o apelido. Mesmo assim, todo mundo o chamava de Papai Noel até que a mãe dele foi reclamar na escola e a professora proibiu o apelido. O menino, então, disse para a professora que o Lucas continuava chamando ele de Papai Noel e a professora mandou o Lucas para a coordenação. Ele ficou indignado porque JURAVA que não tinha xingado ninguém:

– Foi pura vingança! – ele disse.

Mas ele continuou tomando bronca e como ele estava ali mesmo, tentou justificar sua ida à coordenação gritando com a coordenadora. Uma estupidez porque a vingança é um prato que se come frio. Eu teria ouvido tudo quietinha e em um belo dia teria xingado o moleque de Saco de Banha, porque, afinal, a proibição era xingá-lo de Papai Noel.

Quando cheguei na porta da escola, a coordenadora e a professora me chamaram lá pra dentro pra explicar o ocorrido. Foi aí que, para engrossar o coro da bronca, colaram Rebecca e Sofia 1 do meu lado:

– Me explica uma coisa: por que o Lucas fala tanto? – disse a Sofia com a mãozinha na cintura.

– Nossa, ele não pára um minuto! – queixou-se Rebecca.

– É, na época que a gente namorava…

– EI EI EI – eu falei mais alto – o guichê de reclamações de ex-namoradas só abre a partir das 14h.

Elas não entenderam muito bem, mas eu peguei minhas coisas e fui embora. Ex é ex, em qualquer idade.

**

Todas

Aí o Lucas fez 9 anos e para comemorar, convidamos a classe inteira para cantar parabéns no salão do prédio. Nunca mais! Não só pelo fato de as crianças terem brincado no lixo do prédio e pulado no capô do carro de um dos moradores, mas porque todos os pais – que não tinham sido convidados – entraram e se aboletaram no salão de festas. E alguns só saíram de lá a uma hora da manhã. Mas esse post não é para me queixar de algo que me traumatizou profundamente.

Eu ia no banheiro quando uma das mães me abordou:

– Oi, tudo bem? Você é a mãe do Lucas né? Soube que nossos filhos namoraram, terminaram e agora estão se acertando…

– Desculpa, você é a mãe de quem?

Eu tinha que perguntar.

– Da Sofia 2!

– Ahhhhhhhh…

– Então, ela estava toda ansiosa pra essa festa! Disse que o Lucas perguntou pra ela se ela vinha e ela não deu certeza. Então ele falou: “Vai lá pra gente conversar…”.

Gente, foi estratégia pra fazer a menina ir!

**

Na hora dos Parabéns, aconteceu uma das coisas mais engraçadas de toda a minha vida: o COM QUEM SERÁ. Porque não há nada mais incerto do que a vida amorosa do Lucas, nem mesmo a minha.

– Rebeca!
– Olga!
– Sofia 1!
– Sofia 2!
– Nicole!
– Morgana!
– Thaísa!
– Joseane!

E por aí foi… Falaram uns 30 nomes. E algumas mães comemoraram:

– Eles falaram seu nome, filhinha!!!!!

**

O Lucas entra de férias na sexta-feira. Alguém duvida de que ainda há tempo pra mais um capítulo em 2010?

19 comentários em “Capítulo 16 – Com quem será?

  1. THAIS
    1 dezembro, 2010

    AHAHAHHAHAA RI ALTO….

  2. Tay
    1 dezembro, 2010

    Ahahahahahaha!!!

    Mas há uns dois anos que eu já sacava que o Lu seria o galã da turma. Espera chegar nos 11/12, você tá ferrada, mulher! Hehehehe

  3. Táta Louzada
    1 dezembro, 2010

    “Com quem será?” foi demais… fico imaginando a cena… Quem será a namoradinha das férias?

  4. Caloã
    1 dezembro, 2010

    Como vc já traumatiza o menino dizendo que ele não pode namorar 2? Como assim? Por que tamanha imposição? :P
    Podia deixar ele aprontar enquanto é criança, pra não magoar de verdade qunado for adolescente ou adulto :P
    Adoro os posts, dou muita risada.
    Beijins.

  5. Natália Vaz
    1 dezembro, 2010

    Um dos meus maiores traumas de parabéns pra você/com quem será nasceu no meu aniversário de 15 anos, quando minha madrinha puxou o nome do meu ex namorado. E o atual estava na festa. Desde então nunca mais me postei atrás de um bolo pra esperar por este momento de humilhação pública. E, gente, o Lucas é genial. Espero que daqui a alguns anos a Nicole não ferre o coração dele, porque pela descrição, esta menina promete.

  6. @anarina
    1 dezembro, 2010

    Pensando bem, melhor eu retirar o convite de levar o Lucas no show com a minha priminha ;)

  7. Ana Luísa
    1 dezembro, 2010

    Seu blog é ótimo, mas de longe, meus posts preferidos são os que falam da vida amorosa do Lucas, que é extremamente badalada! Fiquei imaginando a cara das mães das menininhas comemorando o nome delas ter sido citado! Lucas deve ser, além de namorador, um Lord, para as mães ficarem tão contentes com a possibilidade de tê-lo como genro por.. 5 dias?
    Hahahah
    Beijos Leonor!

  8. Ilana
    1 dezembro, 2010

    ahahahahahaha
    Esse Lucas é uma figura, mesmo!
    Beijos!

  9. Ândi
    2 dezembro, 2010

    Saca só, as mães ficaram felizes por ouvirem os respectivos nomes das filhas em meio a outros tantos nomes?

    Lucas é partidão, hein! hahaha…

  10. gabricarqueijo
    2 dezembro, 2010

    E eu que sou pai de uma menininha….

  11. Karina
    2 dezembro, 2010

    Adorei o post! Nem acreditei quando entrei e tinha um novo! Estava com saudades! Realmente, a vida amorosa do Lucas é muuuuito agitada.. imagino o que ele vai aprontar nas ferias!

  12. Roberta Nina
    2 dezembro, 2010

    Lelê, você fez fotos das meninas na festinha? POSTAAAAAAAAA!

  13. paulo davi franco
    3 dezembro, 2010

    Minha mulher está grávida pela primeira vez. É uma menina e vou matriculá-la num internato, definitivamente!

  14. paulo davi franco
    3 dezembro, 2010

    A propósito, olhando esses nomes da moda como Sofia, Thaísa e Rebeca, fica a pergunta: Será que daqui a nove anos as mães vão gritar Geyse! Weslian! Dilma!

  15. Cristiano
    3 dezembro, 2010

    Olá!

    Tenho uma proposta para seu blog que acredito ser relevante para você.

    Caso haja interesse, entre em contato!

    Atenciosamente,
    Cristiano

  16. Filipe
    3 dezembro, 2010

    Lelê, o Subversivinho é FODA!
    Sem mais.
    Muitos beijos e
    VIVA O CORINTHIANS NOSSO DE CADA DIA!

  17. mepagaumacoca
    4 dezembro, 2010

    HAHAHA.
    O Lucas é demais, meu deus!
    Todas querem o Lucas. haha
    Beijo.

  18. Christiane Balbys
    5 dezembro, 2010

    Nas festas da turma da minha filha, há dois anos, o galã da turma sempre sai correndo quando entoam o “com quem será?” e outro dia percebi que as meninas adora dizer que o detestam. Melhor assim, já que ele não dá bola pra nenhuma delas, kkkkkk.

  19. Mario Palhares
    8 dezembro, 2010

    É isso ae, Lucas! Amor livre! hahahahah

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Informação

Publicado às 1 dezembro, 2010 por em Sem categoria e marcado .
%d blogueiros gostam disto: